Argentina na degola, ainda pode se salvar, veja como

0
222
cxradio.com.br

A derrota por 3 a 0 para a Croácia em Nijni Novgorod deixou a situação da Argentina muito difícil na Copa do Mundo. Agora, para se classificar, a seleção de Lionel Messi não depende apenas das próprias forças para ir às oitavas de final da competição.

Nesta sexta-feira (22), num melhor cenário, os argentinos terão de torcer por uma vitória dos nigerianos contra a Islândia. Desta forma, a seleção africana chegaria aos 3 pontos e a Islândia permaneceria com 1.

Com 1 ponto em duas partidas, os argentinos teriam que vencer a última partida do grupo diante da Nigéria no próximo dia 26, em São Petersburgo. Com os três pontos, a equipe iria a 4 no Grupo D.

Na última rodada, se chegarem com chances, os sul-americanos ainda irão precisar torcer para que a Islândia não vença a Croácia.

Caso os islandeses ganhem o jogo, vão a 4 pontos e igualam a Argentina. Os comandados de Jorge Sampaoli, nesse quadro, precisam tirar a diferença no saldo de gols. Os argentinos terminaram a segunda rodada com -3 de saldo. Já a Islândia está zerada.

QUARTA PIOR DERROTA
A derrota por 3 a 0 para a Croácia foi a quarta pior sofrida pelos argentinos na história de Copas do Mundo.

Antes do início da Copa-2018, a equipe já havia sofrido um total de 21 derrotas em Mundiais, desde 1930.

Foram poucas as goleadas: em 1958, perdeu por 6 a 1 da Tchecoslováquia na fase de grupos. Em 1974, 4 a 0 para a Holanda também na fase inicial. Já em 2010, foi eliminada pela Alemanha por 4 a 0 nas quartas de final.

Modric e Rakitic fizeram a bola girar no meio de campo da Croácia, com passes em profundidade nas costas dos laterais sul-americanos eram o mapa da mina. Por causa disso, das quatro chances de gol criadas nos primeiros 45 minutos, três foram da Croácia. Na melhor delas, Mandzukic estava sozinho na pequena área e errou a cabeçada.

O segundo tempo para a Argentina durou sete minutos. Foi o tempo que mostrou organização e se manteve fiel a um plano de jogo. Depois do erro de Caballero, que tentou cobrir Rebic, errou e deixou o meia livre para marcar o primeiro gol, a seleção se desfez em campo e levou mais dois gols dos meias croatas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here