Megaoperação prende 37 pessoas e apreende 25 veículos de assalto e tráfico no Estado

0
203

A megaoperação iniciada na madrugada desta terça-feira (14) já realizou 37 prisões e apreensões de menores em várias cidades do Estado. Hoje, por volta das 12h o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu dará coletiva para divulgar o balanço da operação.

Já foram apreendidos 25 veículos entre motos e carros, além de armas, drogas e dinheiro.

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí informou que subiu para 26 o número de presos na megaoperação deflagrada na manhã de hoje. Entre os presos estão mulheres e homens suspeitos de crimes como homicídios e tráfico de drogas, entre outros. A ação policial terá duração de 24 horas.

Postada às 07h29

Dezessete pessoas foram presas nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (14) durante operação 24h deflagrada em vários municípios do Piauí. A mega ação envolve 500 policiais civis e preventivamente visa combater crimes durante as festividades de fim de ano.

Durante todo o dia serão cumpridos mandados de prisão e busca e apreensão em todo o Estado, além de fiscalizações e bloqueios de acesso a transeuntes e motoristas em diversos pontos da Capital.

“Temos hoje equipes espalhadas em 12 regionais da Polícia Civil no interior, 15 delegacias especializadas participando da operação e mais de 20 distritos policiais da Capital e Metropolitana. Já apreendemos drogas e armas e fizemos a prisão de suspeitos com vasta ficha criminal. Essa operação vai demorar 24 horas. Já o trabalho intensivo vai se estender até o neste fim de ano”, ressalta Riedel Batista, delegado-geral da Polícia Civil do Piauí.

À noite, a operação acontece em locais de vulnerabilidade, onde há presença de menores com bebidas alcóolicas. O trabalho contará com apoio do Conselho Tutelar, polícias Militar e Rodoviária Federal.

Ao meio-dia será divulgado resultado parcial da operação.

Lista parcial de presos

-Suzielle da Conceição Sousa Silva e Kelma Rochele Machado de Oliveira, presas no Parque Alvorada com várias pedras de crack, um celular e R$ 1.172,50;

– José Lima Chagas, vulgo Gordete, acusado de matar a jovem Carolina Espírito Santo Silva, em julho deste ano, no bairro Promorar. Com ele foram apreendidos uma arma 380 com 71 munições, cordões de ouro e pulseiras, além de um celular;

– Acrísio de Sousa Sá Neto, acusado de roubo qualificado;

– David Willame de Oliveira Silva e Antônio Marcos Gomes de Carvalho, acusados de roubo;

– Alissandro Gomes da Silva Sousa, vulgo “Alemão”, sentenciado por roubo;

– João Batista Santos Gomes, mandado de prisão preventiva por homicídio ocorrido em 1996.

– Paulo Eduardo Ribeiro da Silva, Jardel Lopes Vieira e Francisco das Chagas de Macedo Nascimento, indiciados pela prática de crime de roubo com causa de aumento.

– Adioman Alves dos Santos, suspeito de homicídio, em agosto deste ano, em Teresina;

– Pedro Sabino do Nascimento, preso por tentativa de homicídio contra a própria mãe.

– Tallyson Henrique Pereira da Silva, acusado de roubo qualificado.

Cidade Verde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here