Modric é eleito melhor jogador Mbappé a revelação da Copa do Mundo

Apesar da decepção pelo resultado, o meia Luka Modric, do Real Madrid, foi eleito o melhor jogador da competição e ficou com a Bola de Ouro.

0

Minutos depois da vitória da França sobre a Croácia por 4 a 2, na decisão da Copa do Mundo da Rússia, a Fifa anunciou neste domingo os prêmios do torneio. Apesar da decepção pelo resultado, o meia Luka Modric, do Real Madrid, foi eleito o melhor jogador da competição e ficou com a Bola de Ouro.

Modric liderou a Croácia à melhor campanha de sua história. O jogador de 32 anos marcou duas vezes ao longo da campanha, contra Nigéria e Argentina ainda na primeira fase, e deu uma assistência. Mais do que isso, comandou o meio de campo de um time que surpreendeu o mundo ao ir à sua primeira final de Copa.

Com a eleição de Modric, um campeão do Mundial segue sem ter o melhor jogador do torneio desde 1994. Na ocasião, Romário foi eleito o melhor jogador da Copa dos Estados Unidos após levar o Brasil ao tetra. De lá para cá, isso não mais se repetiu nos títulos de França, Brasil, Itália, Espanha e Alemanha.

Em 1998, Ronaldo, vice-campeão com o Brasil, foi eleito o melhor Quatro anos mais tarde, a honraria ficou com Oliver Kahn, segundo colocado com a Alemanha. Também derrotado na final, Zidane recebeu o prêmio em 2006. Já em 2010, o quarto colocado Forlán foi o escolhido. E em 2014, Messi ficou com o troféu apesar da derrota na final.

Se Modric foi o melhor da Copa, Eden Hazard ficou na segunda colocação, apesar de ter caído nas semifinais com a Bélgica, que terminou em terceiro. Só então apareceu um campeão. O atacante Antoine Griezmann, um dos vice-artilheiros da Copa, com quatro gols, ficou na terceira colocação da eleição.

MBAPPÉ REVELAÇÃO

Cogitado como um dos candidatos a craque da Copa, o atacante Mbappé não ficou entre os três, mas não saiu do torneio de mãos abanando. Afinal, o jovem atacante do Paris Saint-Germain, de apenas 19 anos, foi eleito a revelação do Mundial.

Mbappé também marcou quatro gols e se tornou o francês mais jovem a balançar a rede em um Mundial, superando Trezeguet, em 1998. Ele também foi apenas o segundo atleta com menos de 20 anos a balançar a rede em uma final de Copa, igualando o que Pelé havia feito em 1958, com 17 anos.

Outro premiado neste domingo foi Thibaut Courtois, eleito o melhor goleiro da Copa. Ele ficou com a Luva de Ouro da competição após ser fundamental na campanha da terceira colocada Bélgica.

Harry Kane terminou mesmo como artilheiro, com seis gols, pela Inglaterra, e ficou com a Chuteira de Ouro. Griezmann e Lukaku, ambos com quatro, receberam a Chuteira de Prata e a de Bronze, respectivamente.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here