Ninguém pode impor em chapa com mais de dez partidos, diz Margarete

0
588

A vice-governadora do estado, Margarete Coelho, disse nesta quarta-feira (28) que nenhum partido da base pode impor nome na formação da chapa devido a quantidade de aliados, cerca de dez legendas. Para Margarete, que tem sua vaga de vice em jogo, tudo tem que ser no diálogo

“Ninguém pode dizer que vai impor numa chapa com mais de 10 partidos. Tem que ser no diálogo. O técnico desse time é o governador Wellington Dias”, afirmou em entrevista à TV Cidade Verde.

A vice-governadora fez questão de frisar ainda que o tempo de indicar nomes sem capital político já passou. “Nenhum partido vai querer apresentar nome que não tenha capital político. Esse tempo passou. Agora tudo é no diálogo”, disse.

Margarete declarou que está sempre à disposição do seu partido, caso precise mudar de estratégia para as eleições 2018.

“Meu partido está se preparando há 4 anos, quando formamos a chapa com o PT. O senador Ciro tem sido incansável para trazer novos filiados. As pessoas têm respaldo político e possuem compromisso. Quanto a concorrer outro cargo, eu digo sempre que sou soldado do meu partido. Não se admite mais um debate político sem as mulheres”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here