Padre é inocentado diante das acusações de estupro de vulnerável em Buriti dos Lopes

0
O Padre Paulo Jorge de Oliveira Viana que foi afastado da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, na cidade de Buriti dos Lopes, após ser indiciado por estupro de vulnerável, foi absorvido pela Juíza Drª Ana Victória, diante das acusações proferidas contra ele em seu julgamento realizado em segredo de justiça por se tratar de um criança de 13 anos na época.
O inquérito era presidido pela delegada titular Daniela Dinalli da cidade de Cocal que concluiu às investigações e enviou para o Ministério Publico da comarca de Buriti dos Lopes, ainda em 2017 quando o caso veio à tona; daí então, por decisão do MP, o pároco cumpria prisão domiciliar até a data de seu julgamento que aconteceu durante essa semana entre os dias 30 e 31 de julho, no Fórum desta cidade, onde a Juíza, absorveu o Padre Paulo Jorge acusado de estupro de vulnerável.
Na época, o caso ganhou grande repercussão nas redes sociais, blog’s/portais da cidade, redes de televisão regionais e nacional, que felizmente o Padre foi inocentado, por se tratar de um falso testemunha. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here