Piauiense é morta a facadas pelo ex-marido em Brasília

Após desferir os golpes de faca na ex-mulher, o acusado tentou suicídio.

0

A piauiense Tauane Morais dos Santos, de 23 anos, foi morta a facadas na quarta-feira (08) e o principal suspeito do crime é o ex-marido da jovem, Vinícius Rodrigues de Sousa, de 24 anos. O crime ocorreu no Distrito Federal, onde o casal residia.

Após desferir os golpes de faca na ex-mulher, tentou suicídio e foi levado para o Hospital Regional de Taguatinga. Segundo o jornal Extra, Vinícius havia sido preso em flagrante na segunda-feira antes de matar Tauane, por violência doméstica, mas foi liberado em audiência de custódia no dia seguinte.  

Tauane e Vinícius deixaram o Piauí há cerca de três anos e se mudaram para Brasília. No início, moraram com a irmã de Tauane e o marido dela, Diego Bispo, mas não por muito tempo. Segundo Bispo, de 26 anos, os dois conseguiram empregos e alugaram uma casa. A família de Tauane contou que o marido dela já a tinha ameaçado e que brigas eram comuns no relacionamento.

“Ele começou a ser agressivo depois que eles se juntaram há cerca de cinco anos. Ela era bem libertadora e expressiva, e isso irritava ele, que sempre foi ciumento, agressivo, quebrava celular, batia nela. Ela trabalhava com o olho roxo”, afirmou a irmã da vítima, Nakécya Morais.

O casal tem dois filhos, uma menina de 4 anos e um menino de 2, que também entraram nas medidas protetivas determinadas pelo juiz Aragonê Nunes Fernandes. Há alguns meses, a filha do casal voltou para o Piauí, onde mora com a avó. O menino, por sua vez, está aos cuidados do tio, que morava com Tauane em Brasília.

De acordo com Nakécya, o ex-marido de Tauane quebrou toda a casa no último domingo. “Ele deu um ataque de pânico no domingo, esfaqueou tudo, todos os móveis, todas as cortinas, portas, toalhas, tudo, até o guarda-roupa e a geladeira. Isso porque ela queria se separar dele e ele não aceitava” ressaltou.

O corpo de Tauane será enterrado em Bertolínia, cidade onde mora a maior parte de sua família, no Piauí. Os parentes de Brasília planejam ir para lá neste sábado para acompanhar o velório.

De acordo com o Bispo, alguns dos parentes de Vinícius que moram no Piauí estão dizendo que ele morreu. No entanto, o cunhado de Tauane acredita que eles estão “tentanto acobertá-lo”.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou, por meio de nota, que não pode fornecer informações sobre estado de saúde de “pacientes internados na rede hospitalar, exceto casos de grande comoção e que não envolvam vítimas de crimes ou investigação policial”, para cumprir “diversas determinações de órgãos externos”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here