Polícia Civil vai ouvir vizinhos sobre cachorro atropelado por caminhão de lixo

De acordo com a Polícia Civil, motorista pode responder por crime ambiental se for comprovada a intenção no atropelamento.

0

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente irá iniciar uma investigação sobre o caso do motorista de caminhão de lixo que teria atropelado um cachorro propositalmente na última quarta-feira (13) no Residencial Parque Sul, Zona Sul de Teresina. O caso foi flagrado por uma câmera de segurança de uma casa na região.

De acordo com a Polícia Civil, o motorista e os funcionários do caminhão de lixo serão chamados para prestar depoimento, e os moradores do entorno do local onde o crime ocorreu serão ouvidos.

A investigação buscará esclarecer se o motorista do caminhão de lixo teve a intenção de atropelar o cachorro. Caso seja comprovada a intencionalidade, o motorista pode responder pelo crime de maus-tratos contra animais, com pena de três meses a um ano, que pode ser aumentada em até um terço com a morte do animal.

O caso foi flagrado por câmeras de segurança de uma casa da região. No vídeo, é possível ver o motorista do caminhão parando poucos metros de dois cachorros deitados na rua, depois arranca e passa por cima de um deles. O condutor e os catadores de lixo seguem viagem sem socorrer o animal, que morreu.

O caso aconteceu nessa quarta-feira (14) e revoltou os moradores do Residencial Parque Sul, que acionaram a Comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados, seccional Piauí.

Segundo a moradora Talita Avelar, que divulgou o vídeo, esta não é primeira vez que animais são brutalmente assassinados no bairro. Nas últimas semanas, quatro cachorros apareceram machucados a pauladas, com queimaduras e outros tipos de torturas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here