Polícia identifica corpo de mulher que foi esfaqueada e arrastada por veículo na Avenida Maranhão

Caso chocou a cidade de Teresina e deverá ser tipificado como feminicídio.

0
956

A Delegacia de Homicídios já identificou o corpo da mulher encontrada morta na manhã desta terça-feira (15) na avenida Maranhão, zona Sul de Teresina. De acordo com a Polícia, testemunhas revelaram que a vítima foi esfaqueada e, em seguida, atropelada e arrastada por um veículo. A vítima foi identificada como sendo a cabelereira Areta Dantas Claro, de 32 anos, residente no bairro Saci, zona Sul de Teresina, que fica próximo do local onde o corpo foi encontrado.

O caso até então investigado pela Delegacia de Homicídios (DH) de Teresina deverá ser repassado para o Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil do Piauí, que é coordenado pela delegada Luana Alves. A investigação poderá acontecer paralela pela DH e o Núcleo.

Para imprensa, o coordenador da delegacia de Homicídios, Francisco Baretta, já informou que a polícia já identificou alguns elementos que ajudaram na confirmação da identidade da vítima. Agora, está sendo investigado quais os últimos passos da vítima, antes do crime bárbaro.

No corpo da vítima, além das marcas de cerca de 20 perfurações de faca, também havia marcar de frenagem, o que indica que ela foi atropelada e arrastada, tendo seu coro cabeludo sido parcialmente arrancado, próximo de um campo de futebol sob a ‘Ponte Nova’ que liga Teresina (PI) à Timon (MA). O corpo da vítima foi levado para perícia no IML e liberado para os familiares.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here