Procuradores serão investigados e polêmica ganha fôlego no Piauí

Corregedoria do Conselho Nacional do MP abriu investigação

0
169

A Corregedoria do Conselho Nacional do Ministério Público abriu investigação contra procuradores e promotores que denunciaram políticos em meio ao processo eleitoral. A alegação é que a motivação é meramente política.

O conselheiro do CNMP, Luís Fernando Bandeira de Mello, enviou um memorando à Corregedoria, citando casos contra os presidenciáveis Fernando Haddad (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB), além do candidato ao Senado pelo Paraná Beto Richa (PSDB), que foi alvo de ações do Ministério Público estadual e federal, na terça (11).

CONFIRA ABAIXO O MEMORANDO

CNMP – eleições – Memo 12-2018.pdf

O debate promete ser um dos mais acirrados nesse período eleitoral e já tomou conta do meio jurídico. No Piauí, a pauta deve entrar em campo em breve, principalmente depois da operação do MP-PI, que teve como base uma denúncia feita ao TCE, que cumpriu mandatos de busca e apreensão na Secretaria Estadual de Turismo, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Instituto de Desenvolvimento do Piauí, duas coordenadorias estaduais e em uma construtora na cidade de Timon, no Maranhão.

Em entrevista à Rede Meio Norte, o governador Wellington Dias disse que vai dialogar com o MP e com o TCE. “São instituições respeitáveis e não podem permitir que alguns de seus membros pratiquem espetáculo”.

Ainda dentro desse tema, segundo informações repassadas ao blog pelo jornalista Ananias Ribeiro, na próxima semana deve ocorrer um ato em que parlamentares irão ao TCE entregar um pedido de afastamento do conselheiro Luciano Nunes, pai de Luciano Nunes Filho, candidato ao governo do Estado pelo PSDB e da conselheira Lilian Martins, esposa do candidato ao Senado Wilson Martins na chapa de Luciano. A alegação, segundo informações de Ananias, é que eles estariam fazendo uso político eleitoral do cargo de conselheiro utilizando informações privilegiadas tidas pelo cargo e ainda a liberação de operações sistemáticas que tem como objetivo específico prejudicar a campanha de reeleição do governador Wellington Dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here